terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Se não pretende ficar, não entre


Você forçou sua entrada. Eu não deixei a porta aberta e até tentei te impedir, por uma frestinha e muita insistência acabou conseguindo. Entrou e bagunçou tudo. 

No começo parecia divertido, você estava sempre ali. Querendo me acostumar à sua presença e me fazendo companhia.

Acreditei nas suas palavras, não por inocência e nem ingenuidade. E sim por nossas conversas. Te deixei ficar. 

O tempo passou. Estava tudo certo. De repente, sem motivo nenhum você saiu. Apenas observei calada. Continuei no mesmo lugar, em meio à bagunça deixada.

Você então voltou, ficou de longe. Me olhou, cumprimentou como se nada tivesse acontecido, mas não entrou. Nem ousei questionar.

As coisas continuam fora do lugar, eu ainda estou aqui quietinha. Leva algum tempo para arrumar e quando finalmente estiver em ordem chegará um outro alguém para revirar tudo novamente.

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Ana Valeska disse...

Nossa, amei esse texto! Tão simples, mas cada frase tem uma força e nos conta muito bem o que se passa. Sempre tem quem chega faz bagunça e vai embora. Bom que apareça quem arrume! Beeijo

Anne disse...

Muito obrigada Ana. Fico tão feliz quando alguém gosta do que escrevo.

Postar um comentário

* Informações sobre produtos: clique na imagem ou leia o post *

Para todos os outros comentários: muito obrigada!

Related Posts with Thumbnails